Sem comorbidades, jovem de 20 anos morre em Cuiabá; professora também é vítima

João Antônio Fontella, de 20 anos, filho da publicitária e digital influencer Célia Alves, faleceu nesta terça (13), em decorrência da Covid-19 em Cuiabá. Sem comorbidades, João ficou 26 dias internado para tratamento da doença.

A família do jovem chegou a comprar a Tocilizumabe, um medicamento que custa R$ 40 mil. Mas, ele precisou ser intubado e acabou não resistindo.

Seu irmão gêmeo João Gabriel Fontella, também ficou internado por 10 dias em decorrência da Covid-19, mas já recebeu alta da enfermaria. Nas redes sociais, Célia lamentou a morte do filho. “Tá doendo. Tá doendo muito. Tá doendo tanto que eu nem sabia que era possível sentir todas as dores do mundo em uma só. E eu sei que vai demorar para passar. Talvez nunca passe. Aliás, eu tenho certeza que nunca irá passar”, diz trecho da publicação.

Outra vítima da Covid-19 foi a professora aposentada, Maria das Graças Silva Santos, que faleceu nesta segunda-feira (12), após complicações causadas pelo vírus. Maria trabalhou na Escola Professora Eucaris Nunes da Cunha e Moraes e na Escola Frei Carlos Valle, em Poconé.

O Sindicato dos Trabalhadores no Ensino Público de Mato Grosso (Sintep-MT) publicou uma nota lamentando a perda. “A direção do Sintep/MT, subsede de Poconé , presta condolências à família e amigos, desejando força nesse momento de tristeza”, diz trecho da publicação.

A Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT) notificou, até a tarde desta segunda-feira (12.07), 465.835 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, sendo registrados 12.344 óbitos em decorrência do coronavírus no Estado.

Fonte: Folha Max

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *